MUDAMOS DE ENDEREÇO

MUDAMOS DE ENDEREÇO
MUDAMOS DE ENDEREÇO TODAS AS POSTAGENS DAQUI, ESTÃO LÁ. ABRAÇOS E OBRIGADA. silvia masc

sábado, 31 de janeiro de 2009

Pão francês por que ele tem esse nome?



O pão francês das padarias brasileiras na verdade não tem tanto a ver com os pães feitos na França. A receita do pãozinho hoje mais consumido no Brasil surgiu no início do século 20, provavelmente perto da 1ª Guerra Mundial, por encomenda de brasileiros endinheirados que voltavam de viagem a países da Europa.

Até o fim do século 19, o pão mais comum no Brasil era completamente diferente, com miolo e casca escuros. Na época, era bastante popular em Paris um pão curto com miolo branco e casca dourada - espécie de precursor da baguete, atual predileção dos franceses. Os viajantes de famílias ricas que voltavam de lá descreviam o produto a seus cozinheiros, que tentavam então reproduzir a receita pela aparência.

O resultado foi a invenção do "pão francês" brasileiro, que difere de sua fonte de inspiração européia, sobretudo por levar um pouco de açúcar e gordura na massa antes de ir ao forno.

Com o tempo, o novo pão foi ganhando apelidos locais diferentes, como cacetinho, média ou filão, em diferentes cidades do Brasil.

Aqui

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Bolo de Banana Caramelada (Enviada pelo Milton)



Ingredientes Calda

- 1 xícara (chá) de açúcar
- Manteiga para untar
- 6 banas nanicas

Ingredientes Massa

- 1 xícara (chá) óleo
- 3 xícaras (chá) farinha de trigo
- 1 conher (sopa) d efermento em po´
- 1 conher (chá) canela em pó
- 1 lata de leite condensado
- 1 lata de leite
- 3 ovos

Preparo Calda

. Leve ao fogo a panela com açúcar
. Quando dourar, junte meia xícara (chá) água fervente, mexer até dissover
. Coloque a calda numa assadeira (~23x32) untada
. Corte as bananas ao meio, comprimento, distribua sobre a calda e reserve

Preparo Massa

. Bata no liquidificador: leite Moça, canela, óleo e os ovos.
. Coloque a mistura numa vasilha e junte a farinha e o fermento peneirados. Mexa bem
. Despeje sobre as bananas
. Forno 200 graus pré aquecido por 40 minutos
. Quando amornar, desenformar

Mais receitas, aqui Blog do Milton Toshiba

Aumenta denúncias de idosos no Procon de contra vendedores

Uma das denúncias que está se tornando cada vez mais comum no Procon , está envolvendo idosos, pessoas aposentadas e pensionistas que reclamam estarem sendo persuadidas por vendedores ambulantes a adquirirem seus produtos.O coordenador do Procon, Fabiano Viudes comenta que essas pessoas estão sendo vítimas de vendedores, em sua maioria que trabalha com produtos para fisioterapia, como colchões e travesseiros ortopédicos.

“Temos verificado que nossos idosos, aposentados e pensionistas viraram vítimas desse tipo de negócio. Vendedores, que na ganância de querer vender seu produto a qualquer custo estão lesando essas pessoas. O pior é que esses produtos, na maioria das vezes relacionados à saúde, não traz o benefício que o consumidor espera”, relata o coordenador do Procon.

Com a promessa de que os produtos ajudam a eliminar diversos tipos de dores, estas empresas procuram os idosos em suas residências, onde fazem demonstração dos produtos e procedem com toda a parte burocrática da venda. Viudes, que tem acompanhado o drama de alguns idosos, informa que as denúncias têm aumentado. “Temos recebido vários idosos, o que nos tem preocupado. Por ser, em sua maioria pessoas simples e humildes, acabam não possuindo conhecimento adequado para analisar se aquilo que o vendedor fala realmente tem sentido, ou seja, se o produto vai trazer o benefício esperado”, diz Viudes.

No momento da abordagem, os idosos não têm nem tempo de pensar ou solicitar a orientação de algum familiar, pois são convencidos a efetuar a compra. “Os vendedores estão se aproveitando da fragilidade dos nossos idosos”, alerta a coordenador do Procon, lembrando que o aposentado se tornou o principal alvo, porque os vendedores fazem a chamada venda casada, ou seja, o valor do produto já vem descontado no benefício do consumidor.

Para se ter uma idéia, no que tange à venda de colchões ortopédicos, Viudes informa que apenas uma empresa do Paraná possui autorização da Agência Nacional de Saúde para a sua comercialização. “Ou seja, tem muita empresa agindo de forma ilegal, sem autorização da Agência Nacional de Saúde. Como já disse, repassam ao consumidor produtos que não trazem o benefício que se espera dele.”

Os produtos estão sendo vendidos de forma parcelada e o pagamento descontado diretamente do benefício e aposentadorias do INSS. A orientação do Procon, é de que os idosos não recebam nenhum vendedor e nem assinem nenhum tipo de papel. Já os familiares deverão estar mais cientes do problema para colaborar com os órgãos, a fim de evitar que estes vendedores continuem agindo no município.

A orientação do coordenador do Procon é para que antes de fechar uma compra, as pessoas mantenham contato com o órgão de defesa do consumidor. “A partir desse contato, vamos fazer um levantamento quanto ao tipo do produto que está sendo ofertado, a condição legal da empresa responsável e o seu fabricante. Enfim, vamos auxiliar o consumidor na compra para que ele não seja lesado.

Clicando AQUI , você encontra telefone e endereço do PROCON, em todo Brasil

Saúde abre inscrição para eleição da idosa mais bela de SP


Idosas a partir 60 anos podem participar do concurso

A Secretaria de Estado da Saúde abriu inscrições para eleição da mais bela idosa de São Paulo. O concurso, realizado no Centro de Referência do Idoso (CRI) da Zona Leste, é uma homenagem pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

Qualquer mulher com 60 anos ou mais pode participar. As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h, até o dia 13 de fevereiro, no 1º andar, na sala do voluntariado do CRI Leste. Não é necessário ser moradora da zona leste para se inscrever.

As 25 idosas que vão participar da finalíssima serão conhecidas no dia 17 de fevereiro. As selecionadas participarão de dois ensaios para a grande final. A vencedora do concurso será conhecida no dia 5 de março.

No dia da festa serão eleitas idosas nas seguintes categorias: simpatia, beleza, sorriso, elegância e timidez. Será eleita Miss CRI a que somar o maior número de pontos.

“Este é um evento que já virou tradição no calendário de festividades da capital paulista. O concurso é cada vez mais concorrido por idosas de toda a cidade”, afirma o diretor do CRI, Paulo Sérgio Pelegrino.

O Centro de Referência do Idoso da Zona Leste fica na praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, 34, em São Miguel Paulista, na Zona Leste

Sexo pós-menopausa



Atenção, homens: na pós-menopausa, levar uma mulher ao orgasmo não é regra para que ela se sinta satisfeita sexualmente. Porém, se quiser fazê-la chegar ao clímax, dar afeto é o melhor caminho.

As conclusões são da pesquisadora e ginecologista Sônia Regina Lenharo Penteado, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, que entrevistou 58 mulheres que diziam chegar ao orgasmo e tinham parceiros fixos que não apresentavam problemas de disfunção sexual.

Quando se trata de prazer no sexo, a auto-estima exerce função mais importante do que a quantidade ou qualidade dos orgasmos. "As mulheres que estão mais felizes sexualmente são as que sentem que merecem apreço, serem amadas e respeitadas.


Você está se exercitando o suficiente? (Especialmente para portadores de diabetes)


A imagem é apenas uma brincadeira, não tente fazer se não estiver bem condicionado fisicamente ok?

O melhor horário para exercitar-se é entre uma e três horas após uma refeição. É quando o açúcar está no nível mais elevado no sangue, e você não precisa de um lanche para evitar uma queda na glicemia. E, porque você nunca precisará ingerir carboidratos extras, o exercício dá uma maior chance de perder peso.

Mas, às vezes, não dá para programar os exercícios para o período de duas horas após uma refeição. Nesses dias, não deixe de exercitar-se. Se você quiser exercitar-se antes de uma refeição ou quando a insulina estiver num pico, coma um pequeno lanche para conseguir a energia extra de que você precisa.

Lembre-se de testar a glicemia antes e depois de exercitar-se para determinar a quantidade de alimento certa, para você ter certeza de que sua glicemia irá permanecer numa faixa segura. Além disso, teste a cada 30 minutos se você for exercitar-se por uma hora ou mais.

Há horas em que não se deve fazer exercícios?

• Se você for tipo 1 e sua glicemia estiver acima de 250 mg/dL e tiver presença de quantidades moderadas ou grandes de cetonas, não faça exercícios.

• Se você for tipo 1 ou 2 e sua glicemia em jejum estiver acima de 300 mg/dL, não faça exercício até a glicemia voltar a estar sob controle.

Para diretrizes sobre freqüência e intensidade de um programa de exercícios baseado em seu grau de condicionamento, converse com sua equipe de atendimento.

Fonte: ACCU-CHEK

Por que a bolacha fica mole e o pão duro? Marcela Munhoz



Os alimentos podem ter suas características modificadas quando em contato com o ar porque ocorre troca de umidade entre os dois. Assim, os biscoitos ficam moles porque quase não têm água na composição, enquanto o pão endurece porque tem muita água.

A palavra biscoito vem do latim e significa assado duas vezes; isso para torná-lo crocante. A guloseima, em geral, leva farinha de trigo, açúcar, manteiga e ovo. Por ter pouquíssima quantidade de água na receita (apenas a contida na manteiga e ovos), o biscoito que fica exposto absorve a umidade do ar, perdendo a crocância e tornando-se mole. A melhor forma de evitar isso é mantê-lo bem fechado na embalagem, em pote de vidro ou na geladeira.

Com o pão francês ocorre o oposto. Esse alimento é composto por farinha de trigo e quase 1/3 de água. Após o cozimento, quando o pão é exposto ao ar, tende a perder a água para o ambiente e endurece.

O pãozinho enfrenta ainda outro problema: mesmo se for mantido fechado em saco plástico, logo fica borrachudo e perde a crocância. Isso porque o miolo perde água e a umidade, que não pode escapar para o ambiente, faz com que a casquinha (parte mais seca do pão) amoleça e o pão fique murcho.

A dica para quem quer comer pão sempre fresquinho e crocante é devorá-lo assim que chega da padaria. Outra maneira é colocá-lo imediatamente no congelador para manter sua consistência (a água congela com o pão e não é perdida para o ambiente). Daí é só aquecer na hora de devorá-lo, ou umidecê-lo antes de levar ao forno.

Consultoria de Carolina Vautier Teixeira Giongo, professora de Ciências Exatas e da Terra da Unifesp.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Um breve histórinha.

Era uma vez um grupo de sapinhos...


.. que organizaram uma competição.

O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta.

Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e animar os competidores...

A corrida começou...

Sinceramente:

Ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos

tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre.

Eles diziam coisas como:

'Oh, é dificil DEMAIS!!

Eles NUNCA vão chegar ao topo.'

ou:

'Eles não tem nenhuma chance de sucederem. A torre é muito alta!'

Ih! vão cair!!!

Os sapinhos começaram a cair. Um por um...

... Só algums poucos continuaram a subir mais e mais alto...


A multidão continuava a gritar

'É muito difícil!!! Ninguém vai conseguir!'

Outros sapinhos se cansaram e desistiram...

...Mas UM continuou a subir, e a subir...

Este não desistia!

No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre.

Com exceção do sapinho que, depois de um grande esforço, foi o único a atingir o topo!

Naturalmente, todos os outros sapinhos queriam saber como ele conseguiu?

E um dos amigos do campeão disse:

Ele, é SURDO !

Conte esta histórinha para outros 'sapinhos' de quem você gosta ou indique o blog!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

A vida é uma viagem. Cada etapa é linda. (Entrevista)


Quais são as questões que mais afligem os idosos?

Dra. Dorli - A solidão, o medo das perdas e doenças, as transformações físicas, perdas econômicas e a dificuldade de fazer o ajuste entre o que acha de si mesmo e o corpo que efetivamente tem. Há uma imagem idealizada da velhice: quem não é maratonista fica frustrado. Tem gente que luta, mas, para a maioria, é uma fase difícil. A gente envelhece como vive: quem se interessava pela vida aos 50, continua assim aos 80. É só pensar em pessoas como a artista plástica Tomie Ohtake. O ideal é ponderar que não é preciso ser uma bailarina, mas é possível andar.

Como vê a idealização da terceira idade como "a melhor idade"?

Dra. Dorli - A velhice não é a melhor idade, é uma idade. Para algumas pessoas, pode até ser, mas para a maioria quase sempre é doloroso sair do mercado de trabalho. A mulher fica mais à vontade com o ambiente da casa, das amigas, de visitas e do comércio. Ela sempre circulou por esses espaços e tem maior facilidade para buscar cursos e aulas. Já para os homens, é mais difícil admitir que são aposentados. Algumas empresas já estão até fazendo um trabalho de preparo psicológico para a aposentadoria. Uma solução para eles seria refletir sobre se realmente querem se aposentar e, se for esse o caso, o que podem fazer para continuarem produtivos.

A aids está crescendo entre os idosos, assim como o consumo de medicamentos para disfunção erétil. Como está a sexualidade na maturidade?

Dra. Dorli - Medicamentos como o Viagra são bons para os homens, mas as mulheres nem sempre estão na mesma sintonia. A sexualidade é vivida como o canto do cisne, como alguém que diz: eu não posso envelhecer. Mas, geralmente, os homens que perdem a capacidade de gerar dinheiro perdem também a libido. E, muitas vezes, as mulheres jogam isso na cara deles. O casamento vira uma caixa preta: principalmente quando os filhos deixam o lar. Instala-se a chamada síndrome do ninho vazio, o casal deixa de desempenhar os papéis de pais, e hoje muitos se separam com mais de 70 anos.

De fato, as mulheres maduras estão mais joviais. Elas têm vivido plenamente sua sexualidade?

Dra. Dorli - Eu me lembro de uma paciente que ainda manipulava o marido com sexo. Ele estava indo para uma internação no hospital e ela só consentiu ficar com ele porque achava que seria a última vez. Dizia que ele não tinha sido bom com ela... Quem vê aqueles corpos acha que eles não transam, mas sim! Muitas vezes são as meninas com corpos perfeitos que não têm libido. Há muitas mulheres com mais de 70 anos que querem um novo namorado, romance, poder acender velas para fazer amor. Muitas mantêm um brilho forte no olhar e a sensualidade. Antigamente a menopausa decretava a aposentadoria da sexualidade feminina. A mídia está ajudando a desconstruir esse mito: hoje as mulheres maduras estão mais bem cuidadas. É normal ouvir uma mulher de 60 anos falar que sente desejo. Houve um ganho cultural de dez anos: a sensualidade é aceita. Mas o cuidado com a aparência é diferente da necessidade narcisística. É difícil encarar o envelhecimento numa sociedade que supervaloriza a estética. As mulheres fazem um monte de plásticas e acabam sem marcas, sem cara, como num limbo sem idade. Não precisamos tirar todas as marcas: elas têm o seu valor.

No Brasil, existe uma tendência a não se respeitar a opinião do idoso, alguns até os infantilizam...

Dra. Dorli - É perverso. Já tive uma paciente que me perguntou se deveria deixar sua mãe, de mais de 60 anos, namorar. O idoso tem de decidir sua própria vida. Ele merece ser respeitado, ou vai ter sua dignidade minada. Também não gosto da tendência de mostrar os velhos como bonzinhos: ninguém fica bom porque envelhece, as pessoas permanecem as mesmas. Seria bom saber que eles têm muito a oferecer com a sua experiência. Na Grécia, por exemplo, havia o conselho de sábios, composto pelos idosos. Na sociedade contemporânea, os velhos devem ter um lugar para passar sua sabedoria.

Que dicas daria para vivenciarem a maturidade da melhor forma possível?

Dra. Dorli - O melhor é aceitar o processo de envelhecimento. É importante saber que se vai morrer: o caminho da velhice leva a isso, que faz parte do processo de vida de todos nós. Mas quando se acredita na espiritualidade, e quando se sabe que cada um tem uma missão na vida, deixamos algo. Usar os aliados da medicina, como o check up, é essencial. Mas também é fundamental cuidar do lado emocional: resgatar o passado, dar novas interpretações, perdoar-se e perdoar os outros - porque as mágoas vão se acumulando. Nas memórias, há alguns trechos que precisam ser esquecidos e perdoados: não dá para carregar tudo. O ideal é elaborar: o que eu tive, o que eu tenho e o que gostaria de ter. E acalentar o desejo de se recriar. O principal é ter sonhos, metas e cultivar relacionamentos significativos.

Quais são os aspectos positivos da maturidade?

Dra. Dorli - Pode ser um momento maravilhoso para rever a vida, não apenas para procurar a cereja do bolo, com um narcisismo exacerbado. Um trabalho terapêutico pode ajudar. Quando nos revemos de verdade, passamos a nos torturar menos. Entramos em conciliação com o que foi possível, deixamos de ter um olhar tão duro que nos aprisiona em metas ideais.

Dra.Dorli Kamkhagi é Coordenadora do Grupo de Gênero do Amadurecimento do Instituto de Psiquiatria, no Hospital das Clínicas de São Paulo.
Atende homens e mulheres com mais de 55 anos, que se reúnem para falar sobre questões da idade e trocar experiências.
A partir da elaboração dos conflitos, muitos conseguem melhorar a auto estima e romper com o passado.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Restrição de calorias melhora a memória, diz pesquisa


Cientistas da Universidade de Münster, na Alemanha, concluíram estudo sobre os efeitos positivos da restrição de calorias para a memória. De acordo com informações da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a pesquisa, feita com 50 pessoas com idade média de 60 anos, confirmou testes anteriores com animais.

A cientista Veronica Witte, do Departamento de Neurologia, e colegas da universidade alemã acompanharam durante três meses os participantes do estudo, divididos em três grupos. O primeiro teve reduzida a ingestão de calorias em 30% e o segundo grupo teve aumentado o consumo de ácidos graxos insaturados em 20%. O terceiro grupo, de controle, não teve alteração no padrão alimentar.

O grupo de dieta com restrição calórica apresentou aumento nas notas dos testes de memória, enquanto os outros dois grupos não mostraram alterações. Os pesquisadores verificaram no grupo que teve redução de calorias a diminuição nos níveis de insulina e nos marcadores de inflamação. Segundo os cientistas, esse resultado abre caminho para explorar a função da insulina e da inflamação no declínio cognitivo em idosos. A pesquisa deve ser publicada em breve na edição da revista norteamericana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

AE - Agência Estado
27 de janeiro de 2009

O nome das coisas - Mário Prata

Outro dia fui comprar um abajur. A mocinha me olhou e perguntou:
- Luminária?
Eu olhei em volta, tinha uma porção de abajur.
- Não, abajur mesmo, eu disse.
- De teto?
Fiquei olhando meio pasmo para a vendedora, para o teto, para a rua.
Ou eu estava muito velho ou ela estava muito nova.
-No meu tempo - e isso faz pouco tempo - o abajur a gente punha no criado-mudo, na mesinha da sala. E lá em cima era lustre.
- Lustre?
Descobri que agora é tudo luminária. Passou por spot, virou luminária. Pra mim isso é pior que bandeirinha virar auxiliar de arbitragem, e passe (no futebol) chamar-se agora "assistência".
Quem são os idiotas que ficam o dia inteiro pensando nessas coisas? Mudar o nome das coisas? Por que eles não mudam o próprio nome?
A mocinha-da-luminária, por exemplo, se chamava Mariclaire. Desconfio até que já tivesse mudado de nome.Pra que mudar o nome das coisas?
Eu moro numa rua que se chama Rodovia Tertuliano de Brito Xavier. Sabe como se chamava antes? Caminho do Rei. Pode? Pode! Coisa de vereador com minhoca na cabeça e tio para homenagear.
Mas lustres e abajur, gente, é demais. Programação de televisão virou "grade". Deve ser para prender o espectador mais desavisado.
Entrega em domicílio virou "delivery". Agenda de correio, "mailing". São os publicitários, os agentes de 'marquetingui'?
Quer coisa mais bonita do que criado-mudo? Existe nome melhor para aquilo? Pois agora as lojas vendem "mesa-de-apoio". considerando-se a estratégica posição ao lado da cama, posso até imaginar para que tipo de apoio serve.
Antigamente virava-se santo, agora vira-se "beato", como se já não bastassem todas as carolas beatas que temos por aí.
Mudar o nome de deputado para "putado" ninguém tem coragem, né? Nem de senador para "sonhador"."Sonhadores da República", não soa bem? E uma "bancada de putados?"
A turma dos dez por cento agora se chama "lobista!" e a palavra não vem de lobo, mas parece.
E por que é que agora as aeromoças não querem mais ser chamadas assim? Agora são "comissárias". Não entendo: a palavra comissária vem de comissão, não é? Aeromoça é tão bom e terno como criado-mudo. Pior se as aeromoças virassem "moças-de-apoio", taí uma idéia...
E tem umas palavras que surgem de repente do nada.
"Luau" - Isso é novo!
Quando eu era jovem, se alguém falasse essa palavra ou fosse participar de um luau, era olhado meio de lado. Era pior que tomar vinho rosê. Coisa de bicha, isso de luau.
Mas a vantagem de ser um pouco mais velho é saber que o computador que hoje todo mundo tem em casa e que na intimidade é chamado de micro, nasceu com o nome de "cérebro-eletrônico". Sabia dessa?
E sabia que o primeiro computador, perdão cérebro-eletrônico, pesava 14 toneladas? E que, nainauguração do primeiro, os gênios da época diziam que, até o final do século, se poderia fazer computadores de apenas uma tonelada?
Outra palavrinha nova é "stress". Pode ter certeza, minha jovem, que, antes de inventarem a palavra, quase ninguém tinha stress. Mais ou menos como a "TPM". Se a palavra está aí a gente tem de sofrer com ela, não é mesmo? No meu tempo o máximo que a gente ficava era de "saco cheio". Estressado, só na turma do Luau.
E agora me diga: por que é que em algumas casas existe "jardim de inverno" e não "jardim de verão?"
E se você quiser mudar o nome desta crônica para lingüiça, pode. Desde que coloque o devido trema*. Também conhecido como dois pinguinhos.

*A crônica foi escrita, antes da atual reforma ortográfica.

Para quem gosta do Mário Prata, veja aqui o site oficial do escritor

Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos...




É exatamente o que diz uma certa frase de Sêneca:'

'Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável'!

As universidades de Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual.

1- um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C.


2- salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

3- trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.

4- mastigar os vegetais por mais tempo. Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm.

5- adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comida que ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

6- o futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

7- fazer refeições coloridas como o arco-íris. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

8- comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopene, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando os tomates estão em molhos para massas ou para pizza.

9- limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10- realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória... Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova... Leia um livro e memorize parágrafos.

11- usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração.
Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12- rir. Uma boa gargalhada é um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.

13- não descascar com antecipação. Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer, ou se bem lavados, melhor se forem consumidos com casca.

14- ligar para seus parentes/pais de vez em quando. Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.

15- desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16- ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até um peixinho dourados pode causar um bom resultado.

17- colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche. Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.

18- reorganizar a geladeira. As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.

19- comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

20- e, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

-comer chocolate. Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

- pensar positivamente. Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que ademais pegam gripes e resfriados mais facilmente.

- ser sociável. Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- conhecer a si mesmo. Os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o 'ser' sobre o 'ter' têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.

Os bons hábitos, não o dispensam da visita regular ao seu médico.

Fonte: Health and Medicine Arquives (necessário senha)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Mulher Organizada (humor)


Para começar a semana sorrindo.
(obrigada Mariana)


video

Quindins na portaria - Martha Medeiros




Estava lendo o novo livro do Paulo Hecker Filho, Fidelidades, onde, numa de suas prosas poéticas, ele conta que, antigamente, deixava bilhetes, livros e quindins na portaria do prédio do Mario Quintana: ‘Para estar ao lado sem pesar com a presença’.
Há outras histórias e poemas interessantes no livro, mas me detive nesta frase porque o não pesar os outros com nossa presença é um raro estalo de sensibilidade.
Para a maioria das pessoas, isso que chamo de um raro estalo de sensibilidade tem outro nome: frescura. Afinal, todo mundo gosta de carinho, todo mundo quer ser visitado, ninguém pesa com sua presença num mundo já tão individualista e solitário.
Ah, pesa.
Até mesmo uma relação íntima exige certos cuidados. Eu bato na porta antes de entrar no quarto das minhas filhas e na de meu próprio quarto, se sei que está ocupado.
Eu pergunto para minha mãe se ela está livre antes de prosseguir com uma conversa por telefone. Eu não faço visitas inesperadas a ninguém, a não ser em caso de urgência, mas até minhas urgências tive a sorte de que fossem delicadas.
Pessoas não ficam sentadas em seus sofás aguardando a chegada do Messias, o que dirá a do vizinho. Pessoas estão jantando. Pessoas estão preocupadas. Pessoas estão com o seu blusão preferido, aquele meio sujo e rasgado, que elas só usam quando ninguém está vendo. Pessoas estão chorando.
Pessoas estão assistindo a seu programa de tevê favorito.
Pessoas estão se amando. Avise que está a caminho.
Frescura, jura? Então tá, frescura, que seja.
Adoro e-mails justamente porque são sempre bem-vindos, e posso retribuí-los sabendo que nada interromperei do lado de lá. Sem falar que encurtam o caminho para a intimidade. Dizemos pelo computador coisas que face a face seriam mais trabalhosas.
Por não ser ao vivo, perde o caráter afetivo?
Nem se discute que o encontro é sagrado. Mas é possível estar ao lado de quem a gente gosta por outros meios. Quando leio um livro indicado por uma amiga, fico mais próxima dela. Quando mando flores, vou junto com o cartão.
Já visitei um pequeno lugarejo só para sentir o impacto que uma pessoa querida havia sentido, anos antes. Também é estar junto.
Sendo assim, bilhetes, e-mails, livros e quindins na portaria não é distância: é só um outro tipo de abraço.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Parabéns São Paulo - 455 anos.


Nunca Mais Esqueça Um Aniversário

Se você é distraído como eu, talvez se esqueça de um aniversário ou dois e no fim do dia é possível que algum amigo ou parente esteja chateado com você. Mas quem tem uma conta de email do Gmail, do Yahoo! ou do Hotmail pode evitar isso usando as agendas que esses serviços oferecem.

O processo é bem simples e hoje vou explicar como se faz isso na conta do Gmail. Nas semanas seguintes explicarei o uso da conta do Yahoo! e do Hotmail.
Procure no canto superior esquerdo do Gmail a opção agenda.

Clique nela. Você será apresentado com uma tela e um pequeno calendário à esquerda. Clique no dia em que você quer marcar um aniversário, digamos dia 27 de janeiro. Clique na coluna do dia 27 e depois em editar detalhes do evento.

Na nova janela, digitei o nome do evento, por exemplo, aniversário Maria e, mais importante, procure a opção Repetição e selecione a opção anual. Depois de digitar as informações, clique na opção salvar.


Assim, todo ano, no dia 27 de janeiro, você receberá um lembrete sobre o aniversário da Maria. Claro que a agenda serve para outras coisas também, como visita ao dentista ou ao médico, ou pagamento de conta de luz. Neste último caso é preciso escolher a opção mensal para que o aviso seja enviado todo mês.

Nômade Bit é o Blog do Carlos, autor do post.

Termos usados na Internet A à G (Internetês)


A

ADSL - Abreviatura de Asymmetric Digital Subscriber Line, ou "linha digital assimétrica para assinantes". Método de transferência de dados por linhas comuns de telefone, muito mais rápido que uma conexão discada normal. É chamado de assimétrico porque a velocidade de upload é menor que a de download.

Autenticação - Medida de segurança para checar a identidade de um usuário, geralmente usando nomes de usuário e senhas.

B

Backbone - "Espinha dorsal", em inglês. Redes de dados de alta velocidade que servem de pontos de acesso para outras redes se conectarem.

Bandwidth, ou "largura de banda" - Quantidade de dados que se consegue transferir através de um link de rede em determinado tempo. É geralmente medida em bps (bits por segundo).

Banner - "Bandeira", em inglês. Propaganda exibida em páginas da Web. Geralmente retângulos na parte superior ou inferior das páginas, mas podem aparecer também outros formatos.

Bate-papo - O mesmo que chat. "Conversa" em tempo real pela internet. Os participantes se reúnem em "salas" ou "canais", geralmente agrupados por interesse, faixa etária, lugar em que moram etc., e digitam frases.

Bcc - Abreviatura de blind carbon copy, ou "cópia carbono oculta" (Cco, nos programas em português). Preencha esse campo nos cabeçalhos de mensagens de correio eletrônico, quando quiser que alguém receba uma cópia da mensagem que você está enviando sem que os outros destinatários vejam que a pessoa está incluída.

Bit - A menor unidade de dados em computação. Abreviatura de binary digit. Um bit pode ser representado por um "0" ou um "1".

Blog - Tipo de site em que o conteúdo está organizado em entradas (chamadas de posts) ordenadas cronologicamente, com o post mais recente no alto. Também usa-se "weblog".

Bookmark - Função dos programas de navegação (ver browser) que permite que você salve o endereço de um site, para voltar a ele quando quiser.

Browser - Termo inglês para "navegador" ou "programa de navegação" (Firefox, Internet Explorer e outros).

Byte - Uma combinação de oito bits que representa um valor de 0 a 255.

C

Cable modem, ou modem de cabo - Aparelho que permite conectar um computador à internet através do mesmo cabo utilizado pela TV a cabo. Bem mais veloz que linhas telefônicas.

Cache - No computador, área da memória onde o programa de navegação grava cópias de páginas visitadas. Quando você volta a uma página salva no cache, o programa exibe aquela cópia como forma de acelerar a navegação.

Cc - Abreviatura de "cópia carbono". Preencha esse campo nos cabeçalhos de mensagens de correio eletrônico, quando quiser que alguém receba uma cópia da mensagem que você está enviando.

Chat - Ver bate-papo.

Cookie - Informação que um site envia ao seu computador como forma de reconhecê-lo durante a navegação. Pode ser uma senha, as compras que estão no seu "carrinho" virtual, suas preferências etc.

CPU - Abreviatura de Central Processing Unit, ou "unidade central de processamento". O principal chip do seu computador, que controla operações essenciais ao seu funcionamento.

Cracker - Pessoa que viola a segurança de programas, redes e computadores alheios com fins maliciosos como roubar, alterar ou destruir informação.

Criptografia - Programas de criptografia embaralham o conteúdo de uma mensagem antes de enviá-la, para que somente o destinatário possa lê-la --para isso, ele precisa ter o mesmo programa de criptografia. Servidores seguros de lojas e bancos (que podem ser identificados por um cadeado ou chave que aparece na parte inferior do programa de navegação) também usam criptografia para proteger os dados enviados.

Cyberspace ou ciberespaço - Termo criado pelo escritor William Gibson em seu romance Neuromancer e hoje usado para se referir ao "espaço" abstrato construído pelas redes de computadores.

D

Domínio, ou nome de domínio - Um endereço de Web no Brasil tem normalmente esta estrutura: www.nomedosite.com.br, onde www é a sigla de World Wide Web, que se usa por convenção, mas que não é obrigatória. Após o nome do site, vêm os sufixos que designam o tipo de organização (.com para "comercial",.edu para "educacional",.gov para "governamental",.org para "organização sem fins lucrativos",.mil para "militar") e o país (.br para "Brasil",.ar para "Argentina",.fr para "França", e assim por diante). Nos endereços dos Estados Unidos, a sigla do país não é usada, pois no princípio só havia endereços de internet lá, e não se julgou necessária essa distinção (veja uma lista dos domínios de países no endereço http://www.iana.org/domains/root/cctld/). Os nomes de sites são chamados de "nomes de domínio" (domain names). Os sufixos de três letras.com,.net,.org,.edu,.int,.mil e.gov são chamados de "domínios de primeiro nível", e os sufixos de duas letras que designam o país (como.br, por exemplo) são chamados de "domínios de países".

Download - Transferir arquivos de um computador para outro. Se você está copiando um arquivo de um computador remoto, o procedimento é chamado de download. Se você está enviando um arquivo para um computador remoto, o procedimento é chamado de upload. No Brasil, as pessoas costumam se referir a essas operações como "baixar arquivos" (download) e "subir arquivos" (upload).

DNS - Um sistema de banco de dados que traduz um endereço IP (ver verbete) para um domínio. O endereço IP é numérico (exemplo: 200.221.3.135), e o domínio é um nome (exemplo: www.folha.com.br).

E

Endereço - Também chamado de URL (ver verbete). Identificação necessária para alcançar um site (exemplo: http://www.folha.com.br/), um blog http://acasadamolly.blogspot.com/ ou enviar mensagem (e-mail) para um usuário (exemplo: silvia.masc@gmail.com) na internet.

E-mail - Abreviatura de electronic mail, ou "correio eletrônico".

F

FAQ - Abreviatura de Frequently Asked Questions, ou "perguntas mais freqüentes". Arquivos de informação que são mantidos por muitos sites, com respostas às dúvidas mais comuns dos usuários.

Feed - Recurso de alguns sites que, aliado a um software específico, permite alertar os visitantes quando há conteúdo novo. Também conhecido como feed RSS.

FTP - Abreviatura de File Transfer Protocol, ou "protocolo de transferência de arquivos". Com um programa de FTP, você se conecta a um site e recebe (ver download) ou envia (ver upload) arquivos.

G

GIF - Abreviatura de Graphics Interchange Format, ou "formato para troca de imagens". Um dos formatos de imagens muito usados na World Wide Web (ver JPEG).

Grupos de discussão - Os grupos de discussão na internet (newsgroups) compreendem milhares de assuntos e são mais antigos que a Web. As mensagens podem ser lidas diretamente no programa de correio eletrônico.


(No próximo domingo, publico a 2a. parte)


sábado, 24 de janeiro de 2009

Na dúvida como escrever...



Na dúvida, uma boa opção para não errar com a nova ortografia, é clicar aqui Ortografa .

A funcionalidade é simples: digite sua frase no campo que estará indicado no site, que o sistema procurará trocar as palavras para a ortografia correta. Caso ele não consiga — certamente por haver alguma ressalva — ele mostrará uma dica para você se guiar nos seus textos.


A funcionalidade é simples: digite sua frase no campo que estará indicado no site, que o sistema procurará trocar as palavras para a ortografia correta. Caso ele não consiga — certamente por haver alguma ressalva — ele mostrará uma dica para você se guiar nos seus textos.
Eu digitei:

Ver o voô do pingüin é uma boa idéia (errado)

Resultou em:

Ver o voo do pinguin é uma boa ideia (correto)


Peguei a dica no Querido Leitor


  © Blogger template 'Perhentian' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP